RSS Feed

Creme de Abóbora da Tarde – receita da minha avó

janeiro 26, 2011 by Diego

(com ou sem agrião)

Eu ainda não postei por aqui as deliciosas Torradas da Madrugada, como prometido.

Quer dizer, esse é o meu primeiro post e resolvi dedicá-lo ao Creme de Abóbora da Tarde, porque é uma comida linda, deliciosa e nutritiva. Pode ser um lanche ou almoço, para quem almoça tarde como eu.  ”da Tarde” porque é o ideal para se fazer quando se está de bobeira em casa, às 15h. Tem gente que faz doce. Eu faço sopa.

Fui cozinhando enquanto minha avó, da sala, me dirigia. Para mim, cozinha é meio experiência – mas, em geral, eu leio uma receita e penso: cara, isso é muito difícil! Aí resolvi fazer assim mesmo.

Vou dizer que a parte mais difícil foi descascar a abóbora. Então, como dica: peça para o cara da feira descascar.

;)

Ingredientes:

- uma cebola, 1 dente de alho, alho-poró – picar, separar em recipientes distintos e reservar.

- azeite extra-virgem – em torno de 4 ou 5 colheres de sopa.

- 300ml de leite

- queijo

- abóbora e agrião – 1kg de abóbora e um pouco de agrião (lembre-se, o agrião é muito forte, então um pouco é realmente um pouco).

- pimenta do reino, sal, noz moscada

- rende… não sei. depende. umas 7 porções, mais ou menos. depende de onde você serve e a fome das pessoas. tudo é relativo.

Vamos em etapas.

Parte 1

- Uma cebola média, um alho-poró e um dente de alho. Mas não misture tudo, como eu fiz. Para o refogado, primeiro você esquenta azeite (é, não sei quanto, vai no olho… umas 4 colheres de sopa…ou5). Aí você joga a cebola picadinha e espera ela soltar água e murchar um pouco. E então acrescenta o alho-poró e o alho (o alho é opcional, eu uso em tudo).

veja como a abóbora já possui a cor do pôr-do-sol.

- Deixe refogar e jogue a abóbora cortada em cubos ou como você quiser – não faz diferença, vai tudo pro liquidificor uma hora. Eu usei em torno de 1kg de abóbora. Mexer a abóbora com esse refogado e aí, seguinte: é hora de cozinhar a abóbora.

Nunca use muita água! Eu coloquei, de acordo com a minha avó, 300ml de água.

Tampar meio mal tampada a panela, um pouco de sal, pimenta e uma pitada de noz moscada – tudo opcional. E aí é esperar. Não se limite por tempo. Vai olhando, a abóbora tem que ficar macia, quase desmanchando e não deixe ficar sem água!

O agrião é opcional. Eu coloquei porque a abóbora é meio doce e o agrião tem um sabor forte, meio amarguinho e picante, e produz um contraste interessante. Separe as folhas e coloque na panela, junto com o resto.

Sempre que precisar de mais água, coloque em torno de 100ml. É enough. Você não quer um creme aguado e sim algo consistente, alaranjado como o pôr-do-sol. Na verdade, toda a idéia do Creme de Abóbora da Tarde é parecer com o pôr-do-sol, como se a gente pegasse aquela luz e colocasse na panela.

Deixe cozinhar.

Ok, virou uma massa de abóbora, linda e laranja, desligue o fogo e deixe amornar.

a massa de abóbora como o pôr-do-sol.

Parte 2

Amornou.

Coloque no liquidificor e, de acordo com a consistência, acrescente água – 150ml.

Bata.

Acrescente 300ml de leite. Bata até ficar com a consistência de creme e leve novamente ao forno, até levantar fervura.

Levantou?

Ótimo. Só servir.

Coloque junto uma generosa fatia de queijo parmesão, gorgonzola ou até mesmo brie – como abóbora e agrião são ingredientes mais baratos, não economize no queijo!

É um creme que também pode ser servido frio.

Acho lindo para o verão carioca.

só comer. lindo, gostoso e saudável.

De acordo com a minha avó, na cozinha você precisa de paciência & amor. Eu acrescentaria música. E nunca saia de perto, comida é como filho – tirou o olho, dá tudo errado.

Boa Sorte & Boa Tarde.


1 Comentário »

  1. Alba Salles disse:

    Concordo em gênero, nº e grau: Música é realmente indispensável para cozinhar! Gosto de ouvir artistas conterrâneos das receitas que faço! hahaha Bom, fica a dica ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>